anúncio

Saúde de verdade e maior longevidade para o seu cão e gato

Comida caseira para cães e gatos: 4 dicas sobre nutrição que você não pode ignorar

Então você decidiu que é hora de fazer o próprio alimento do seu cão e/ou gato, mas ainda não sabe bem como começar. Não se preocupe, selecionamos aqui 4 dicas que irão ajudá-lo(a) na hora de preparar uma comida caseira. Vamos lá!


1. Saiba que as dietas preparadas em casa envolvem mais do que carne de músculo

A comida preparada em casa pode ser crua ou cozida, dependendo da preferência. Basta ter em mente que os caninos e felinos selvagens comem a presa inteira, não apenas a carne do músculo. Muitas pessoas têm certa repulsa com a ideia de alimentar seus cães e gatos com órgãos, olhos, conteúdo intestinal e pelo. Isso sem falar que a maioria dessas partes do corpo são impossíveis de encontrar no supermercado! No entanto, eles fornecem traços de vitaminas e minerais não encontrados na carne muscular. Portanto, uma fonte substituta deve ser adicionada às refeições preparadas em casa. (Falamos mais sobre isso abaixo)

2. Entenda que preparar refeições caseiras não é uma ciência exata

Embora você deva se esforçar para fazer o melhor para fornecer a seu cão ou gato todos os nutrientes essenciais de que ele precisa, lembre-se de que preparar alimentos para animais em casa não é uma ciência exata. Os gráficos que descrevem a composição nutricional de alimentos e ingredientes individuais são úteis, mas cada lote de carne ou vegetais terá diferentes níveis de vitaminas e minerais, dependendo de suas condições de cultivo, idade na colheita e muitas outras variáveis. Você pode compensar isso oferecendo bastante variedade ao seu cão ou gato, bem como adicionando alguns suplementos (novamente, falaremos mais sobre isso abaixo). Ao fazer isso, não é tão difícil alimentar seu animal com alimentos de alta qualidade que irão melhorar sua saúde e longevidade.

comida caseira cães gatos
Forneça ao veterinário uma lista impressa dos ingredientes que você usa para fazer as refeições do seu animal.

3. Trabalhe com um veterinário para detectar possíveis desequilíbrios nutricionais

Não importa o quão bem informado(a) você esteja sobre como preparar comida para seu cão ou gato em casa, é sempre uma boa ideia pedir a seu veterinário que o examine e faça exames laboratoriais pelo menos duas vezes por ano, apenas para ter certeza de que ele não está sofrendo de quaisquer deficiências ou excessos nutricionais. Esses problemas não serão imediatamente aparentes, uma vez que cães e gatos são resistentes e sobreviverão por longos períodos, até anos, com dietas que não são totalmente balanceadas. No entanto, os gatos podem desenvolver problemas de saúde mais rapidamente do que os cães quando alimentados com dietas que carecem de nutrientes essenciais.

Forneça ao veterinário uma lista impressa dos ingredientes que você usa para fazer as refeições do seu animal. Tente trabalhar com um veterinário holístico ou integrador, se puder – muitos veterinários convencionais não são bem versados na formulação de alimentação natural  para cães e gatos e podem até alertar que é impossível fazer seu próprio alimento balanceado.

comida caseira cães gatos

Um breve olhar sobre o passado

Antes do surgimento da ração comercial para animais de estimação, todos os cães e gatos eram alimentados com dietas caseiras consistindo principalmente de restos e sobras das refeições da família. Hoje em dia, no entanto, muitas pessoas, juntamente com seus cães e gatos, comem alimentos altamente processados ​​que são nutricionalmente pouco adequados. Além disso, como menos cães e gatos domésticos circulam livremente do que há 50 ou 100 anos, eles têm pouca ou nenhuma capacidade de procurar alimentos que lhes forneçam nutrientes que podem estar faltando em suas dietas. Isso significa que cabe a nós garantir que nossos cães e gatos recebam a nutrição necessária para prosperar e permanecer saudáveis.

4. Inclua estes ingredientes essenciais

A seguir, uma lista de quatro ingredientes que são comumente esquecidos em receitas de comida para animais de estimação preparadas em casa. Use essas informações como uma diretriz. Você também pode consultar um nutricionista veterinário ou um terapeuta alimentar para garantir que seu cão ou gato esteja recebendo nutrição completa e balanceada.

Cálcio e Fósforo

Cães e gatos requerem mais cálcio do que fósforo em sua dieta, com uma proporção de cerca de 1,2 para 1 sendo apropriada. No entanto, as carnes são ricas em fósforo e pobres em cálcio, o inverso do que é necessário. A tripa verde (o primeiro estômago em ruminantes como vacas, ovelhas e cabras) é uma boa fonte de proteína com cálcio e fósforo equilibrados, embora o cheiro afaste muitas pessoas.

O cálcio é geralmente adicionado à dieta na forma de farinha de osso, cascas de ovo moídas * (1/2 colher de chá por quilo de carne na receita) ou 10% a 15% de osso moído em dietas cruas. Aproximadamente 500 mg de cálcio precisam ser adicionados para cada quilo de carne na receita.

Ao contrário da crença popular, o leite e seus derivados não fornecem cálcio suficiente para dietas caninas e felinas preparadas em casa. A maioria dos suplementos vitamínicos gerais também não contém cálcio suficiente. Procure suplementos feitos especificamente para equilibrar refeições preparadas em casa para cães e gatos.

* Use um moedor de café ou processador de alimentos para garantir que as cascas dos ovos sejam moídas o mais finamente possível.

Vitamina D

Ao contrário dos humanos, cães e gatos não podem converter a luz solar em vitamina D. A vitamina D3 (colecalciferol) deve ser fornecida na dieta. Esta vitamina solúvel em gordura é encontrada naturalmente em gemas de ovo e peixes. As dietas que contêm um desses ingredientes diariamente estarão mais perto de fornecer níveis adequados de vitamina D ao seu animal. Não recomendo o uso de óleo de fígado de bacalhau como fonte de vitamina D, pois também é muito rico em vitamina A, que pode ser tóxica em grandes quantidades.

A vitamina D ajuda a regular o equilíbrio do cálcio e do fósforo e auxilia no crescimento e densidade óssea, bem como na função do sistema imunológico. Também auxilia na prevenção do câncer. No entanto, o excesso de vitamina D levará à toxicidade, causando pedras nos rins e na bexiga e, possivelmente, insuficiência renal. Os suplementos de vitamina D humana são muito concentrados para os animais. A necessidade média é de 227 UI de vitamina D por quilo de alimento.

O teste de vitamina D deve ser realizado pelo menos duas vezes por ano para cães ou gatos alimentados com dieta preparada em casa.

Qualquer alimento fresco é benéfico

Se você não quer se comprometer a preparar em casa toda a comida do seu cão ou gato, você ainda pode melhorar sua dieta - e sua saúde - adicionando carnes frescas, frutas e vegetais a alimentos preparados para animais de estimação de alta qualidade. Essa prática aumenta a palatabilidade e a integridade nutricional do alimento, e ainda contribui para a longevidade. Em um estudo de 2005 na Universidade de Purdue, os pesquisadores descobriram que simplesmente adicionar vegetais frescos às dietas de ração preveniu e desacelerou o crescimento de células cancerígenas da bexiga em cães em 70 a 90%.

Minerais

Selênio, zinco, cobre, ferro e manganês são nutrientes importantes para a saúde da pele, do sangue, dos tendões, do sistema imunológico e dos ligamentos. Quando não fornecidos em quantidades adequadas, os animais podem sofrer de anemia, redução da cicatrização de feridas, imunidade insuficiente e ligamentos rompidos.

Muitos desses minerais são encontrados em órgãos animais. Alimentar seu cão ou gato com fígado, coração, pâncreas e rins fornecerá minerais não encontrados em outros lugares. Os órgãos podem ser difíceis de encontrar e muitas pessoas não gostam de manipulá-los, mas a dieta será incompleta sem eles.

Vitamina E

A quantidade de ácidos graxos insaturados na dieta determinará o nível necessário de vitamina E. Dietas ricas em peixes, ou peixes e óleos vegetais exigirão mais vitamina E. As necessidades médias ficam em torno de 25 IU a 50 IU de vitamina E por quilo de comida por dia.

Farinha de alfafa, sementes de girassol moídas e gérmen de trigo são boas fontes de vitamina E, enquanto o leite e os laticínios não são.

Ao pegar receitas para seu cão ou gato, certifique-se de que estejam completas e balanceadas e / ou que você conheça bem os suplementos necessários para torná-los completos. Embora não seja obrigatório que todas as refeições sejam balanceadas, é essencial que todos os nutrientes essenciais sejam fornecidos ao longo de cada semana.

Preparar a comida do seu cão ou gato em casa pode ser muito satisfatório e, desde que seja feito de maneira adequada, pode contribuir muito para sua saúde e longevidade.

Este texto é uma tradução adaptada do artigo “Home-preparing pet food – what you need to know”.

ATENÇÃO: A dieta crua só é recomendada para cães e gatos saudáveis. Caso queira mudar de alimentação do seu gato ou cão, é prudente que você o leve para uma consulta no veterinário e faça os exames necessários. Para cães e gatos com qualquer problema de saúde, o ideal é um acompanhamento mais próximo de seu veterinário e uma prescrição de dieta individualizada.

Aviso de segurança: A PetMe é um site meramente informativo. Portanto, todas as informações, dicas e sugestões nele contidas não substituem, em absoluto, a consulta a qualquer especialidade médico-veterinária.

Alimentação Natural

A Prevenção é sempre o melhor remédio. E a Nutrição é a base de uma ótima saúde. Entenda como Alimentação Natural pode desempenhar um papel fundamental na prevenção das doenças que tiram o sono de nós, tutores de cães e gatos.

Medicina Veterinária Integrativa

Como tutores de cães e gatos, devemos garantir que nossos pets tenham acesso ao melhor atendimento médico veterinário possível, caso tenha algum problema de saúde. E a abordagem que integra Tratamentos Convencionais com Terapias Alternativas pode ser mais efetiva e trazer mais benefícios para a saúde integral de nossos companheiros.

anúncio

INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E
GARANTA CONTEÚDOS GRATUITOS INCRÍVEIS!

não se preocupe, não vamos encher sua caixa de e-mail, tb não gostamos disso

comentários dos amantes
e tutores

Curabitur arcu erat, accumsan id imperdiet et, porttitor at sem. Mauris blandit aliquet elit, eget tincidunt nibh pulvinar a. Cras ultricies ligula sed magna dictum porta.

João Caiado

anúncio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email