anúncio

Saúde de verdade e maior longevidade para o seu cão e gato

Super nutritivos, previnem doenças e promovem a saúde: conheça 11 motivos por que você deve dar vegetais a seu cachorro todos os dias!

Você pode não achar que vegetais para cães são controversos. Mas eles são, pois muitos veterinários não acham que os cães precisam de vegetais, embora alguns possam dizer para você adicionar feijão verde enlatado à ração do seu cão se ele precisar perder peso!

E isso vale igualmente para os adeptos da alimentação natural crua, pois muitos acham que os cães também não precisam de vegetais. Eles acham que uma dieta só com carne é o suficiente para dar aos cães todos os nutrientes de que precisam.

Bom, se você também ainda é desse time, espero que mude de ideia! Parai isso recrutei a ajuda do Dr. Ian Billinghurst, um veterinário e pioneiro em alimentação natural crua e famoso por criar a dieta BARF. Ele também escreveu os livros inovadores Give Your Dog A Bone e Grow Your Pups With Bones. Em 2001 ele lançou seu terceiro livro The BARF Diet. (Infelizmente, esses títulos ainda não estão disponíveis em português).

1. Cães comem vegetais na natureza

Em primeiro lugar, vamos falar sobre onde os cães estão no continuum herbívoro-carnívoro. Eles não são carnívoros obrigatórios como os gatos, e sua dieta é muito mais variada do que a dieta de um felino. Mas eles definitivamente não são herbívoros como vacas e cavalos . E num continuum, podemos dizer que eles se situam entre onívoros e carnívoros.

Na verdade, cães, lobos e outros canídeos selvagens comem vegetais há milhares de anos, pois eles:

  • Comem o conteúdo do intestino de suas presas, que geralmente contém vegetação.
  • Também comem a vegetação que encontram, que inclui ervas e vegetais.

2. Vegetais ajudam a alcalinizar o organismo do seu cão

Equilibrar a alcalinidade e a acidez da dieta é importante para a saúde do seu cão, porque certos órgãos funcionam melhor em um ambiente mais alcalino. Isso inclui o fígado, pâncreas, vesícula biliar, hormônios, coração, rins. E, se houver muita acidez, isso pode contribuir para uma inflamação; causa muitas doenças crônicas.

Por exemplo, proteínas como a carne tornam o corpo mais ácido. Por isso, você precisa equilibrar essas proteínas com vegetais, que têm um efeito alcalinizante no corpo.

Vegetais com formação alcalina moderada a forte:

  • Salsão
  • Salsa
  • Algas Marinhas
  • Agrião
  • Espargos
  • Sucos vegetais
  • Brotos de alfafa
  • Alho
  • A maioria das ervas
  • Alface
  • Brócolis
  • Couve-flor

3. Os vegetais têm uma ampla variedade de nutrientes

Os vegetais estão cheios de nutrientes importantes, incluindo proteínas, lipídios, gorduras, carboidratos e fibras. É por isso que eles são um alimento completo para herbívoros como vacas, ovelhas e coelhos.

Embora seu cão deva comer carne para obter toda a gama de aminoácidos de que necessita, os vegetais ajudam a equilibrar sua dieta. E eles fornecem fitonutrientes importantes que não são encontrados na carne.

Mas você deve ficar longe de grãos e leguminosas, como ervilhas e feijões. Eles são ricos em amido, o que pode agravar ou causar muitas doenças.

4. Vegetais mantêm seu cão hidratado

Se seu cão come ração seca, ele está em estado crônico de desidratação, o que causa problemas como doenças renais ou formação de pedras na bexiga. Por isso, consumir vegetais, que são uma excelente fonte de água, vai ajudar. Por exemplo, pepinos, alface, brócolis e couve de Bruxelas contêm mais de 85% de água.

5. Os vegetais são cheios de vitaminas

Os vegetais crus fornecem ao seu cão muitas vitaminas, incluindo:

  • Vitamina B. Ajuda na função energética, enzimática e do sistema nervoso, resposta imunológica e metabolismo. Os vegetais têm muitas vitaminas B, mas são pobres em B12 e B1, então seu cão precisa de alimentos como fígado e ovos.
  • Vitamina C e cofatores. Os cães produzem sua própria vitamina C, mas precisam dos cofatores para ajudar seu corpo a usá-la. Seu cão também pode precisar de um reforço de vitamina C à medida que envelhece ou se está estressado.
  • Vitamina A. Aumenta a imunidade, protege a saúde ocular, previne doenças de pele e ajuda a desenvolver dentes e ossos fortes.
  • Vitamina E. Este antioxidante ajuda a prevenir o câncer e outras doenças. Além disso, promove a saúde da pele e do cabelo.
  • Vitamina K. Desempenha um papel na formação e reparação dos ossos e ajuda a melhorar a função hepática.

6. Eles também são minerais densos

Os vegetais de folhas verdes escuras contêm minerais importantes como cálcio, potássio e magnésio. Por exemplo, vegetais como alfafa e algas marinhas também são uma boa fonte de minerais, pois as raízes da alfafa penetram 12 metros no subsolo e absorvem os minerais da terra. As algas pegam minerais e micronutrientes que vão para o mar.

Mas certifique-se de que esses alimentos sejam orgânicos e não sejam cultivados com fertilizantes sintéticos. Nos EUA, a maior parte da alfafa é geneticamente modificada , por isso é importante encontrar uma fonte orgânica certificada.

7. Vegetais contêm fitonutrientes

Os fitonutrientes são um dos nutrientes mais importantes que você pode dar ao seu cão, sabe por quê? Porque eles podem proteger contra câncer, doenças cardíacas, diabetes e muito mais.

Mas os fitonutrientes são encontrados apenas em frutas e vegetais. Então, se seu cachorro só come carne, ele está deixando de se nutrir de forma completa.

Olha só o que esses poderosos nutrientes podem fazer:

  • Matar células cancerosas
  • Reduzir inflamação
  • Promover saúde intestinal
  • Auxiliar na promoção de um fígado saudável

E, como exemplo de vegetais ricos em fitonutrientes,temos brócolis e couve.

8. Vegetais ajudam seu cão a digerir a comida

As enzimas são proteínas especiais que ajudam a digerir os alimentos e a executar processos metabólicos. Por exemplo, vegetais como espargos, espinafre e tomate são especialmente ricos em enzimas.

Além disso, algumas enzimas sobrevivem ao ácido no estômago do seu cão e passam para o intestino. Essas enzimas sobreviventes são antienvelhecimento, antidegeneração e pró-saúde.

9. Os vegetais contêm antioxidantes

Os vegetais e ervas estão cheios de antioxidantes como por exemplo a luteína e o beta-caroteno. Eles ajudam a proteger seu cão contra moléculas instáveis ​​chamadas radicais livres, que são uma das principais causas do envelhecimento e das doenças, pois ajudam a estabilizar os radicais livres e impedem que eles cresçam fora de controle. Eles se acumulam como ferrugem no corpo e danificam as células e os órgãos.

10. Suas fibras aumentam a saúde de seu cão

Os vegetais crus são ricos em fibras, que passam pelo intestino do cão principalmente sem serem digeridos. Assim que atinge o cólon, as bactérias que ali vivem fermentam a fibra. Em seguida, é transformado em substâncias saudáveis ​​chamadas ácidos graxos de cadeia curta (SCFAs). Os SCFAs são então usados ​​como energia, para construir células imunológicas e proteger o revestimento mucoso do intestino.

E não são apenas os SCFAs que tornam a fibra tão boa para o seu cão. As fibras também têm muitos outros benefícios para a saúde porque:

  • Estudos mostram que o aumento do consumo de fibras pode reduzir o risco de câncer
  • As fibras alimentam bactérias amigáveis ​​e promove a saúde intestinal
  • Elas eliminam as toxinas do corpo
  • Podem adicionar uma sensação de saciedade para cães com fome perpétua

11. A Pesquisa mostra que os cães precisam de vegetais

Ainda não está convencido (a)?

Pois saiba que pesquisadores analisaram a relação entre vegetais e câncer de bexiga em cães da raça Scottish Terriers. Seus tutores responderam a um questionário sobre a dieta e os suplementos de seus cães. Os pesquisadores então avaliaram o risco de carcinoma de células transicionais na bexiga.

Os cães que comeram vegetais com folhas verdes, amarelas e laranja 3 vezes por semana ou mais tiveram uma redução de 90% no risco de câncer. E houve uma redução de 70% nos cães que comem apenas vegetais crucíferos.

Mas se você acha que pode substituir os nutrientes vegetais por vitaminas, está enganado(a)! Não é possível. No estudo, os suplementos vitamínicos não tiveram nenhum efeito significativo no risco de câncer.

Como preparar vegetais para cães

O Dr. Billinghurst recomenda alimentar com vegetais qualquer cão com mais de seis semanas. E você pode alimentá-los diariamente.

Na verdade, a dieta do seu cão deve ser de cerca de 10% de vegetais (e frutas). Se o seu cão se sentir doente ou estressado, o Dr. Billinghurst diz que a vegetação pode chegar a 50%.

E para obter os maiores benefícios, você deve alimentar seu cão com vegetais crus. Mas você precisará esmagá-los ou pulverizá-los em um espremedor ou liquidificador, ou seu cão não será capaz de digeri-los. Cortar ou ralar não é suficiente para torná-los digeríveis.

Use todos os vegetais da estação, alimentando-os com muita variedade. Seu objetivo deve ser alimentar seu cão com um arco-íris de vegetais. Se estiver faltando uma cor, considere adicionar algumas frutas também.

Vegetais que os cães não podem comer

Embora muitos vegetais sejam seguros para cães, há alguns que você deve evitar. E também alguns que você só deve alimentar com moderação. Você deve evitar cebolas, legumes, macadâmias e abacates, que podem ser tóxicos para os cães.

O alho tem má reputação, mas pode ser muito benéfico. E quando usado com moderação é perfeitamente seguro para o seu cão. Saiba mais sobre alho para cães e como servi-lo.

Também é melhor evitar vegetais com amido, como batata, batata doce e legumes (incluindo ervilhas). A casca da batata contém muitos nutrientes e você pode pulverizá-los e adicioná-los ao prato do seu cão. Apenas certifique-se de que as peles não sejam verdes porque isso as torna tóxicas.

Mesmo que seu cão não esteja em uma dieta crua, ele ainda pode se beneficiar dos nutrientes extras encontrados nos vegetais. Então experimente adicionar alguns vegetais e veja como eles podem ser benéficos para a saúde do seu cão.

Este texto é uma tradução adaptada do artigo “11 Reasons your Dog Should Eat Vegetables”, do portal Dogs Naturally Magazine.

Crédito da foto em destaque: Kirsty/Flickr. Você pode acessá-la por meio deste link.

Aviso de segurança:A PetMe é um site meramente informativo. Portanto, todas as informações, dicas e sugestões nele contidas não substituem, em absoluto, consulta a qualquer especialidade médico-veterinária.

ATENÇÃO: A dieta crua só é recomendada para cães e gatos saudáveis. Caso queira mudar de alimentação do seu gato, é prudente que você o leve para uma consulta no veterinário e faça os exames necessários. Para cães e gatos com qualquer problema de saúde, o ideal é um acompanhamento mais próximo de seu veterinário e uma prescrição de dieta individualizada.

Alimentação Natural

A Prevenção é sempre o melhor remédio. E a Nutrição é a base de uma ótima saúde. Entenda como Alimentação Natural pode desempenhar um papel fundamental na prevenção das doenças que tiram o sono de nós, tutores de cães e gatos.

Medicina Veterinária Integrativa

Como tutores de cães e gatos, devemos garantir que nossos pets tenham acesso ao melhor atendimento médico veterinário possível, caso tenha algum problema de saúde. E a abordagem que integra Tratamentos Convencionais com Terapias Alternativas pode ser mais efetiva e trazer mais benefícios para a saúde integral de nossos companheiros.

anúncio

INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E
GARANTA CONTEÚDOS GRATUITOS INCRÍVEIS!

não se preocupe, não vamos encher sua caixa de e-mail, tb não gostamos disso

comentários dos amantes
e tutores

Curabitur arcu erat, accumsan id imperdiet et, porttitor at sem. Mauris blandit aliquet elit, eget tincidunt nibh pulvinar a. Cras ultricies ligula sed magna dictum porta.

João Caiado

anúncio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email